Artigos

Crise é mesmo oportunidade?

Tempo estimado de leitura:
2
minuto(s)

Oportunidade de aprendizado, em primeiro lugar.
A dor ensina e as experiências mudam nossas percepções.

Mas quando nos referimos ao mundo dos investimentos,  realmente podem surgir janelas aparentes de oportunidades em momentos de incertezas, nos quais investidores – profissionais na sua maioria – buscam comprar ativos desvalorizados para vender na próxima alta.

Quem não desejaria poder enxergar antecipadamente o gráfico de movimento futuro do mercado para encontrar o “Market Timing” perfeito?

O conceito de Market Timing pode ser entendido como tomar uma ação no seu momento ideal, ou o mais próximo dele. No caso de investimentos, seria o ato de comprar ativos na baixa e vender na alta. Quando bem sucedida, esta é uma estratégia que pode ser bastante lucrativa. No entanto, não é uma tarefa fácil.

Muitos profissionais do mercado financeiro – como é o caso dos traders e de alguns gestores de fundos de ações – estudam diariamente segmentos e empresas em busca dessas oportunidades. Mas este não é o caso da grande maioria dos brasileiros.

Quando falamos de investidores não profissionais, este comportamento não faz tanto sentido, uma vez que a formação de uma carteira de investimentos perene e alinhada as necessidades individuais tende a entregar ao longo do tempo retornos mais consistentes para o alcance dos objetivos, mantendo ainda a liquidez necessária e a adequação do risco com o perfil do investidor.

Lembre-se que INVESTIR é diferente de ESPECULAR.
Realocar as aplicações periodicamente pode gerar perdas e envolver custos.

Diversos estudos comprovam que investidores que mantem uma carteira diversificada por um longo período tendem a obter retornos superiores a aqueles que tentam por diversas vezes acertar o “Market Timing” perfeito.

Um destes estudos foi feito com os 100 Fundos de Investimentos mais rentáveis nos Estados Unidos e mostrou que mais de 90% do sucesso do retorno de uma carteira de investimentos no longo prazo é atribuída a boa diversificação, e não a quantidade de vezes em que o gestor acertou a hora certa de investir”.

Então, fique atento e não se deixe levar por promessas de ganho fácil. Lembre-se sempre dos objetivos que o levaram a realizar cada aplicação e mantenha o foco no planejamento que faz sentido pra você  😉

 

 

 

Tem interesse em algum outro conteúdo mas não achou?

Envie uma sugestão

Sugestão de conteúdo

X