Artigos

Como financiar um veículo? Confira as dicas

Tempo estimado de leitura:
3
minuto(s)

Se você tem o sonho de ter um carro no seu nome, sabia que isso pode ser realizado por meio de um financiamento. Para isso, é preciso conhecer algumas informações de como financiar um veículo para encontrar contratos com condições adequadas ao  seu orçamento.

A seguir, listamos algumas dicas sobre como fazer um financiamento, além de explicar quando é realmente interessante comprometer o seu orçamento a longo prazo. Leia e entenda.

Afinal, quando vale a pena financiar um veículo?

Antes de tomar uma decisão importante, sobre como financiar um veículo, vale pôr no papel se esse é realmente o melhor momento para comprometer parte do seu orçamento mensal. Isso porque as parcelas de um financiamento podem durar  mais de cinco anos.

Além disso, existem outros pontos importantes para se levar em consideração, como os gastos de manutenção do veículo, como combustível, seguro, IPVA anual, entre outros.

Colocando todos esses aspectos na ‘ponta do lápis’, fica mais fácil identificar a necessidade de contratar um financiamento sem que isto se torne um peso no seu orçamento pelos próximos  anos.

O que é preciso saber para financiar um veículo?

Como uma operação que envolve a assinatura de um contrato, entender como financiar um veículo está atrelado a compreender todos os aspectos desse processo. Nos tópicos abaixo, listamos os principais pontos que exigem atenção antes de finalizar a operação, veja.

1 – Conheça os tipos de financiamento

O primeiro passo para financiar um carro é conhecer os tipos de linhas de crédito que você pode aproveitar. Isso permite a você conversar com uma instituição financeira ou com sua cooperativa, como a Unicred, com a certeza de qual é a melhor modalidade para aquilo que está procurando. Veja abaixo quais são elas.

Leasing

O leasing é um tipo de financiamento de veículo que se assemelha a um aluguel de veículo. Nele, você paga pelo uso do carro, por exemplo, mas ele ainda fica registrado no nome da instituição e só pode ser passado para o seu nome quando todas as parcelas estiverem quitadas.

CDC

Também chamado de Crédito Direto ao Consumidor, o CDC é a modalidade de crédito mais popular. No CDC, toda a documentação do veículo fica no nome do comprador. 

Por isso os juros são um pouco mais altos do que no leasing, já que o a instituição financeira corre mais riscos caso o comprador não honre os pagamentos. O comprador pode, a qualquer momento, antecipar prestações do financiamento que ainda não venceram para obter desconto nos juros. 

2 – Entenda os custos

Outro ponto importante para entender como financiar um veículo é conhecer os custos envolvidos nesse tipo de linha de crédito. Assim como um empréstimo pessoal, o C.E.T. (Custo Efetivo Total) exige atenção, já que especifica todos os gastos envolvidos na operação. Confira a seguir quais são eles.

IOF

O Imposto de Operações Financeiras é um tipo de tributação que incide no financiamento de automóvel. Vale ressaltar que, mesmo que seja a instituição financeira que recebe essa quantia, ela faz apenas  o papel de intermediário, já que o valor é repassado para o governo.

Gravame

Definido como o custo do registro do financiamento no Detran (Departamento de Trânsito), o Gravame é um documento que declara que o bem está alienado — ligado ao banco — e não poderá ser vendido até a dívida ser quitada.

TAC

Conhecida também como Taxa de Abertura de Crédito, a TAC é o valor cobrado pelas instituições financeiras para custear o processo de abertura do financiamento de carro

Seguro de Proteção Financeira

Por último, o Seguro de Proteção Financeira também está incluído no C.E.T. de um financiamento. Porém, ao contrário das taxas acima, esse valor é cobrado para preservar a instituição financeira de prejuízos na operação, já que esse seguro serve para cobrir o custo das parcelas em atraso.

3 – Saiba o que é a análise de crédito

Depois de conhecer esses detalhes sobre o financiamento para veículo, o próximo passo é entender o que é a análise de crédito. Esse é um processo que toda instituição financeira aplica aos interessados em uma linha de crédito.

O sistema analisará o seu histórico como um bom pagador, além do seu enquadramento de renda para avaliar a possibilidade de você pagar o financiamento. Quanto melhor for o seu histórico, maiores são as chances de conseguir um financiamento com condições interessantes.

Unicred: aprenda mais sobre o mercado financeiro!

Quer continuar aprendendo sobre as soluções da Unicred? Acesse a nossa página de conteúdos, o Sua Saúde Financeira, confira mais artigos como este e vá além de entender como financiar um veículo. Venha conferir.

Tem interesse em algum outro conteúdo mas não achou?

Envie uma sugestão

Sugestão de conteúdo

    X