Artigos

Quanto você deve investir da renda mensal?

Tempo estimado de leitura:
2
minuto(s)


Quais são seus planos a médio e longo prazo? Fazer uma viagem com a família, comprar um imóvel próprio, casar, ter filhos, adquirir independência financeira? Seja qual for o seu objetivo, talvez seja o momento de começar a pensar em como realizá-lo. E, para isso, é necessário planejamento e disciplina para poupar e investir parte da sua renda mensal.

Quando organizamos nossas finanças, maiores são as chances de realizar nossos sonhos com tranquilidade. O primeiro passo para ter uma vida financeira equilibrada é conhecer as suas despesas em detalhes e se livrar de dívidas que só comprometem a renda mensal. Em seguida, é hora de começar a investir e fazer o seu dinheiro trabalhar para você.

Investir bem as economias e os recursos extras para maximizar a rentabilidade e a a√ß√£o dos juros compostos pode fazer toda a diferen√ßa no futuro. Por isso, √© preciso ter disciplina. N√£o se deve aplicar ‚Äús√≥ o que sobra‚ÄĚ. O investimento tem que ser levado a s√©rio, como qualquer outra despesa mensal que voc√™ tenha. Afinal de contas, de nada adianta criar metas se voc√™ n√£o ir√° conseguir alcan√ß√°-las.

Qual valor devo investir da renda mensal?

Muitos especialistas e livros de finanças pessoais defendem que o ideal é investir 10% da renda mensal. E é um valor que, para a maioria das pessoas, pode funcionar. No entanto, ele não se aplica para todas as pessoas.

O valor a ser poupado e investido depende muito do seu estilo de vida. Se, por exemplo, você possui uma casa e filhos para sustentar, 10% pode ser um valor um pouco alto. Por outro lado, se você é solteiro e mora com os pais, é bem possível que você consiga economizar mais.

Independente do quanto, √© sempre bom estabelecer um valor de poupan√ßa mensal, em termos percentuais, pois assim ele pode ir aumentando conforme a sua renda se modificar. Se voc√™ n√£o tem o h√°bito de economizar, comece com metas realiz√°veis ‚Äď nesse momento, os 10% podem ser colocados em pr√°tica.

Ao perceber que o seu or√ßamento comporta uma economia maior, passe para 15%, 20% ou o quanto for poss√≠vel ‚Äď sem comprometer sua qualidade de vida. O ideal √© ter uma reserva que represente de 3 a 6 meses dos seus gastos m√©dios mensais para eventuais emerg√™ncias. O restante deve ser investido em aplica√ß√Ķes diversificadas. E para isso √© importante avaliar quais investimentos se adequam aos seus objetivos de curto, m√©dio e longo prazo.

Assim, voc√™ depender√° menos do seu sal√°rio ‚Äď ou aposentadoria ‚Äď para sobreviver, tem a possibilidade de criar patrim√īnio, gerar renda passiva e ter mais liberdade para aproveitar os bons momentos da vida. N√£o deixe para depois, comece j√° a investir o seu dinheiro!

 

Tem interesse em algum outro conte√ļdo mas n√£o achou?

Envie uma sugest√£o

Sugest√£o de conte√ļdo

X